Plataformas de podcast hosting: qual devo escolher?

programas podcast hosting

Vais começar um podcast e precisas de escolher uma plataforma de hosting mas não compreendes o que são nem as diferenças entre as mesmas? Neste artigo irás ficar a perceber exatamente qual a melhor solução para ti e porque não podes prescindir de um host para criares o teu podcast. 

(o texto que se segue é longo, mas está dividido por títulos para facilitar a tua experiência de leitura)

O que é e para que serve uma plataforma de podcast hosting?

Uma plataforma de podcast hosting é uma espécie de cloud, onde o teu programa de podcast fica alojado, assim como todos os episódios, que funciona como um de posto dos correios para o teu programa de podcast (mas online). Isto é, tu colocas na plataforma os teus episódios, capa, descrição, todos os detalhes do teu programa de podcast e a plataforma distribui, tal e qual os CTT, os teus episódios pelas várias apps, sites onde qualquer pessoa pode aceder e ouvir um podcast, como é o caso do Spotify, SoundCloud, Google Podcast, Apple Podcast, entre outros. 

Terás sempre que ter um podcast hosting, pois sem este não é possível ter um podcast nas plataformas mais conhecidas, isto porque, irás necessitar sempre de uma plataforma independente, para “arrumar” o teu conteúdo, algo que não podes fazer, por exemplo, no Spotify.

Nota que, apesar da plataforma fazer a distribuição dos episódios que colocas na mesma, terás de qualquer das formas que fazer o registo do teu podcast em algumas das apps onde queres que o teu programa seja acedido. É o caso da APP Apple Podcast e do Spotify. Para este efeito, a tua plataforma de podcast hosting fornece-te um link chamado de RSS, que deverás submeter nas apps mencionadas quando fizeres o registo do teu programa nas mesmas. 

Qual a vantagem de ter o meu podcast alojado num podcast hosting?

A grande vantagem de teres o teu programa alojado numa plataforma independente, como é o caso de um podcast hosting, é o facto de teres que carregar e editar cada um dos teus episódios em apenas uma plataforma, uma vez que esta faz a distribuição pelos restantes canais. Já imaginas-te teres que carregar e colocar os detalhes de cada episódio em todas as apps onde gostarias que os mesmos aparecessem? Exato!

Para além disto, a plataforma de podcast hosting também te permite aceder a estatísticas do teu programa, perceber a localização geográfica, o número de ouvintes únicos, entre outras, importantes e que poderão ser um bom indicador de sucesso do teu programa. 

As plataformas de podcast hosting, para além de fazerem a distribuição por outras apps, também disponibilizam um perfil para o teu programa, a que a tua audiência pode aceder e ouvir os teus episódios, caso não tenham nenhuma das apps utilizadas para podcast, instaladas no telemóvel ou pc. 

Tenho que pagar uma plataforma de podcast hosting?

Os podcast hostings, na sua generalidade tem disponível uma versão gratuita ou um período experimental. No entanto utilizares uma versão gratuita ou uma paga vai depender de alguns fatores importantes:

1- Quão a sério estás a levar a criação do teu podcast? É algo para acompanhar a tua estratégia de negócio ou só por diversão? Se for algo mais por brincadeira ou que nesta fase não estás a dar tanta atenção, talvez faça mais sentido apostar numa versão gratuita. Mais tarde poderás sempre fazer um upgrade.

2- Qual a duração e nº de episódios que irás publicar por mês? Se vais gravar episódios curtinhos (30 minutos máximo) e esporadicamente, a versão gratuita é uma boa opção mas se os teus episódios são mais longos e irão ser publicados com mais frequência então terás que apostar numa versão paga, isto porque, as versões gratuitas têm um espaço reduzido para alojar os teus conteúdos e vão arquivando os mesmos ao longo do tempo, isto é, por norma só te deixam ter um número de episódios reduzido online. Qual o grande problema deste detalhe, é que as apps onde as pessoas acedem ao teu programa, também deixaram de mostrar todos os episódios e irão exibir apenas aqueles que o teu podcast hosting permitir, isto é, o tal número de x episódios, que irá depender de host para host. 

Ao selecionares uma opção paga, não só podes escolher o pacote que melhor se adequa às tuas necessidades, isto é, ao número de programas e horas que irás publicar, como o teu conteúdo estará sempre online nas apps e não corres o risco do mesmo ser arquivado. Mas mais uma vez, a escolha depende do quão a sério estás a considerar o teu programa de podcast no tempo. 

Que plataforma de podcast hosting devo escolher?

No mercado existem várias opções de podcast hosting, a diferentes valores e também com diferentes características.Das variadas plataformas existentes no mercado, selecionei as que considero melhores, em baixo apresento-te estas opções, divididas em pago e não pago, para que melhor possas perceber qual se ajusta às tuas necessidades:

1. Podcast Hosting Pago

Libsyn

A plataforma Libsyn é o podcast hosting nº1 nos EUA e mais utilizado pelos podcasters. Para além de ser altamente  fiável, o serviço de atendimento/apoio é altamente eficiente (o que quando estás a fazer podcast é super importante porque pode acontecer alguma complicação técnica), os valores são relativamente acessíveis e a capacidade de distribuição é excelente,isto é, o Libsyn distribui os teus episódios por um vasto leque de apps/sites de podcasting, e tem das maiores coberturas do mercado. Este ponto é bastante importante pois nem todos os podcast hostings têm a mesma rede de distribuição e por isso aconselho-te sempre a acederes ao website do host para conferires esta mesma lista.

Para além disto, o Libsyn tem hoje uma tool que te permite criar teasers do teu podcast, com um excerto do áudio e imagem, para utilizares nas tuas plataformas de comunicação.

Preços: Vão de 5 dollars, 15, 20 até 40 dólares, sendo que o de 5 permite carregar até 50 MB (cerca de 20/30 minutos de áudio por mês).

O Libsyn permite-te também comprar espaço extra, caso necessites, sem teres que mudar de plano. Seja como for, nenhum dos planos tem fidelização e podes alternar entre um e outro sempre que necessário. 

Nota: Esta é a plataforma utilizada e recomendada pelo GCREW. 

BuzzSprout (também tem versão gratuita)

O BuzzSprout é outro dos grandes players do mercado ou dos podcast hostings mais requisitados e com muito boas reviews. Em comparação com o Libsyn, o BuzzSprout tem um interface muito mais user friendly e apelativo, isto é, o grafismo/design da plataforma é jovem, simples e super intuitivo, o que naturalmente facilita imenso a sua utilização.

Também este distribui os teus episódios para as maiores apps/sites de podcasting inclusive a “Alexa” da Amazon. Para quem tem um podcast em inglês esta última opção pode ser bastante interessante. 

Para além disto a plataforma tem algumas features que pessoalmente considero bastante aliciantes:

  • Permite transcrever o teu podcast, isto é, teres o teu áudio traduzido para texto, o que é um super bônus para posicionar o teu podcast nos resultados de pesquisa do google. 
  • Permite adicionar ao teu site uma pré visualização dos teus episódios, isto é, um “player” o teu episódio. 
  • Permite ver várias estatísticas do teu podcast
  • Podes gerir mais do que um programa de podcast na tua conta. 

Para além disto tudo, tens ainda a possibilidade de testar a plataforma por 90 dias, gratuitamente.

Preços: 12 dollars, 18, 24 dólares, o de 12 dólares permite carregar até 3 horas por mês. 

Versão Gratuita: Permite carregar até 2 horas de áudio por mês num período máximo experimental de 90 dias. Sem dúvida alguma que face à oferta apresentada e ao valor, esta é uma excelente opção.

2. Podcast Hosting Gratuito

Anchor

A  plataforma Anchor tem ganho imenso sucesso pelo seu formato jovem e intuitivo e claro por ser uma plataforma 100% gratuita, isto é, tu não pagas nada por alojar o teu podcast neste podcast hosting

Mas este não é o único elemento apelativo do Anchor, esta é talvez das poucas plataformas que te permite gravar, editar e publicar o teu podcast, tudo no mesmo sítio, sem teres que saltar de plataforma em plataforma. Com o plus de conseguires aceder à mesma através da app no teu telemóvel. 

Este podcast hosting inclui features semelhantes aos anteriores, podes ver estatísticas importantes do teu episódio e segundo os mesmos podes publicar sem limites. Isto porque a plataforma tem uma vertente que permite aos ouvintes apoiar qualquer podcast pagando um fee mensal, do qual o Anchor retira uma %. Supostamente esta função está apenas disponível para os EUA, o que me deixa algumas questões quanto à natureza deste 100% free para o resto do mundo.

Seja como for é uma excelente opção para quem está a começar e permite-te à mesma ter o teu podcast featured em plataformas como o Spotify, por isso não ficas a perder. No entanto não há almoços grátis e o Anchor em teoria parece bom de mais para ser verdade, pelo que te aconselho a testar e tirares as tuas próprias conclusões. 

Para quem tem um podcast amador e não quer investir dinheiro esta opção é muito boa.

Soundcloud

O Soundcloud é uma plataforma com alguma antiguidade, bastante credível e popular, com uma grande base de fãs, o que naturalmente é um extra para ti que queres chegar ao máximo de pessoas possível e eu diria até o ponto mais relevante.

O Soundcloud tem uma versão gratuita e uma versão premium, na versão gratuita podes publicar até 3 horas de áudio por mês e tens acesso a estatísticas do teu podcast. Também te permite interagir com as pessoas que acompanham o teu programa (o que é um extra muito bom). Embora a versão gratuita seja limitada

Um contra desta plataforma é que estás condicionada ao SoundCloud, e o goal é chegar a mais pessoas, através de outras plataformas, pelo que possivelmente terás que utilizar o Soundcloud em conjunto com outro podcast host.

No entanto, se estiveres disposto a pagar, a versão premium, por um valor bastante acessível, dá-te acesso a muito mais funções bastante interessantes ,inclusive distribuir o teu episódio em outras app.

Notas Finais

Como nota final, e uma vez que tens imensas opções no mercado, estas que te apresento nem ¼ são do que existe por aí, mas já te permite ter uma ideia do que poderás encontrar. Ao final do dia deves ponderar, antes de fazeres a tua escolha, o quão profissional pretendes que seja o teu podcast, o quão a sério estás a levar esta tua vertente de comunicação, pois em último caso, será esse factor que irá ditar a diferença entre optar por uma versão grátis e uma paga. 

O meu conselho é, se o teu podcast foi criado num contexto de negócio, opta por uma plataforma paga, qualquer uma das duas que menciono são uma excelente opção, mas garantidamente terás mais apoio e mais opções para fazer do teu podcast um sucesso e sem surpresas desagradáveis. 

És uma mulher empreendedora e queres começar o teu podcast hoje? Conhece os serviços que temos disponíveis para te apoiar no estúdio de podcast GCREW!

Artigos relacionados:

7 Dicas para melhorar a qualidade de som do teu podcast

Como criar um podcast em 6 passos

Deixe uma resposta

Partilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Subscreve à Newsletter

Junta-te à Crew

Junta-te a nós e tem acesso ao social club mais inspirador de Lisboa!